viver é púsia

Problema sério de jovem desocupado, mas culto, evidentemente: não saber se deve indignar-se mais com os barretes que a Adília enfia ao pessoal ou se deve debruçar-se na lista de amigos que o Valério Romão enfiou à patada no último livro. 

Tanta mediocridade coroada e tão pouco tempo para pensar nela.

Sem comentários:

Enviar um comentário