( - Com o que sonhas?
- Com a terra.
- Eu sonho com a terra onde eu serei.
- Nós somos face a face e temos
os nossos pés sobre a terra.
- Eu não conheço senão as pedras do caminho
que levam, dizem, à terra.

Se à árvore faltasse a inteligência, ela desabava.
Se ao mar faltasse a inteligência, ele engolia-se.
A água obedece à água
e sustém o peixe.
O ar obedece ao ar
e sustém o pássaro.

Se ao Homem faltasse a inteligência, seria escuro
por todo o lado.

Tu berrarias pelas ruas.
Tu amaldiçoarias o teu próximo.
Tu aplaudirias ao incêndio.
Tu cortarias em pequenas fatias os seios da tua mulher.
Tu arrancarias a cabeça às crianças.
Não existiriam flores.
Tu usarias uma coroa de espinhos.
Tu estarias só, só, só;
Porque para ser dois,
É PRECISO SABER.)

Edmond Jabès
perigo nº3

Sem comentários:

Enviar um comentário