A luz que de ti me vem
devolvo-a
amorosamente
a tudo quanto existe


Alberto de Lacerda

1 comentário: